sexta-feira, 28 de setembro de 2018

A História dos Leilões Muitas pessoas acham que os leilões são eventos cheios de glamour onde pessoas extremamente abastadas disputam diamantes, obras de arte ou outras raridades. Embora esse tipo de leilão realmente exista, a grande maioria consiste em leilões de objetos com problemas na justiça, e as pessoas que comparecem a eles geralmente não possuem uma vida financeira abastada.

CIA DOS LEILOES DO RS:

A História dos Leilões
Muitas pessoas acham que os leilões são eventos cheios de glamour onde pessoas extremamente abastadas disputam diamantes, obras de arte ou outras raridades. Embora esse tipo de leilão realmente exista, a grande maioria consiste em leilões de objetos com problemas na justiça, e as pessoas que comparecem a eles geralmente não possuem uma vida financeira abastada.
Embora não sejam exatamente como os exibidos em filmes, os leilões movimentam anualmente uma quantidade considerável de dinheiro: cerca de 6 bilhões de reais. O processo seguido no caso de leilões de objetos com problemas na justiça começa quando um objeto que não foi pago ao vendedor, por exemplo, vira processo e o juiz decide que a melhor maneira de pagar o objeto é leiloando.
Algumas vezes a pessoa pode decidir qual vai ser o bem leiloado para pagar as dívidas. O único critério é que o objeto possua algum valor, mas algumas vezes a pessoa não possui nada de grande valor agregado, qualquer objeto como eletrodomésticos ou até chuveiros servem!
Os leilões não são uma prática recente, e existem registros deste tipo de atividade desde 500 a.C, na Babilônia. Nessa época não eram objetos a serem leiloados, mas mulheres, que eram disputadas a tapa pelos homens. Em 193 d.C dois homens disputam o Império Romano – eram eles Flávio Sulpiciano e Marco Juliano. A forma escolhida para decidir quem levaria a melhor foi o leilão.

No entanto, apenas em 1556 a profissão de leiloeiro surgiu, como o nome de “meirinho leiloeiro”. Este profissional era um funcionário público responsável pelos leilões.
Já no século seguinte, em 1656, o leilão é usado como recurso para arrecadar dinheiro para fins particulares. Foi o grande pintor Rembrandt que inaugura a categoria, logo após abrir falência.
Em 1977 uma casa especializada em leilões é fundada na Inglaterra: é a Sotheby’s, que se tornou uma das mais importantes casas de leilão especializado em arte no mundo. No ano de 1893 a prática já é comum pelo mundo, e pode durar vários meses, como o que ocorreu em Portugal e durou cerca de dois meses.
No Brasil a profissão de leiloeiro foi regulamentada em 1932, por Getúlio Vargas. Com o advento da internet o leilão extrapolou o limite das casas de leilão. Assim, em 1995 foi inaugurado o eBay, site de leilões online.
Coisas Estranhas já Leiloadas
Entre os vários objetos estranhos que já foram arrematados, estão as cuecas do traficante Juan Carlos Abadia, de nacionalidade colombiana. Cada cueca foi comprada por um real.
Além disso, vários objetos de famosos alcançam um alto valor de mercado durante os leilões. Calcinhas, meias, mechas de cabelo, vestidos alcançam cifras astronômicas, principalmente se não tiverem sido lavadas após o uso.